- Quarta-Feira 14 de Abril de 2021
  acesse abaixo +
   Notícias +


Produtores desesperados

06/06/2014

Bom dia Sr. Flávio.

Sou a engenheira agrônoma e produtora de citros, que falou com o senhor na 36ª Semana da Citricultura.

Retornamos para o sítio muito tristes com o entendimento da cadeia citrícola e ainda mais em que nos afeta, pois não somos e não estamos incluídos nos chamados “amigos da indústria”.

Temos 13.000 plantas de laranja, quatro custeios e um investimento de citros, sendo que um dos custeios foi de uma área que eu já arranquei depois de colhida e neste ano ,pela situação que não melhora ,vou arrancar mais um talhão de 2000 plantas.

Estou desesperada pois a situação do preço da laranja não melhora, as perspectivas de venda são nulas, os custos aumentam e as contas não fecham. Temo em ter que vender um pedaço da propriedade. Ao mesmo tempo não me conformo em ter que desfazer de um patrimônio que vem da minha família há um tempo para pagar uma divida a qual eu não tive culpa. Sinto me extremamente injustiçada, humilhada por algo que eu não fiz e tenho que pagar por isso.

Agradeço a luta do senhor neste setor que eu venho acompanhando desde 2001 e gostaria de saber sua opinião se é legitimo eu recorrer judicialmente para não pagar estas dividas ou dividi-las para que eu consiga paga-las. E se o senhor achar que é possível me indicar um bom advogado e especialista em credito rural.

Desde já agradeço a atenção.


<<Voltar << Anterior


Indique esta notícia
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome Amigo:
E-mail Amigo:
 
  publicidade +
 

Associtrus - Todos os direitos reservados ©2021

Desenvolvido pela Williarts Internet
Acessos do dia: 88
Total: 3.471.577
<